Amigas do Peito

amigas gif 3

23 abril 2008

Aguenta-te!

Bem que gostaria de não escrever este texto! Bem que desejaria não ter de falar de doenças, cancro da mama, desaires! Ontem eu, outras mulheres, hoje tu minha irmã querida!
Sei que gostaste do texto do Lobo Antunes e contáste-me o que os amigos lhe diziam... Pois eu quero que tu te aguentes, naturalmente, vais fazê-lo. És forte, adulta, super inteligente e informada, sabes que isso é apenas um revés que vai passar.
O que eu tenho para te dizer, é que comigo, podes não te aguentar que eu estou ao teu lado para te segurar. Podemos chorar juntas, se quiseres, poderemos rir ainda mais. Se quiseres também, gritarei contigo contra esta malfadada e insidiosa doença. Poderemos, se quiseres, ficar apenas em silêncio, a olhar o fio do horizonte da nossa vida que vai passando.
Há-de chegar o dia que deixaremos talvez, de pintar o cabelo. Havemos de deixar de nos queixar das rugas e dos "pneus", deixaremos de usar biquini e, é bem provável, que até já nem os nossos netos, que ainda não nasceram, já não queiram ouvir as nossas estórias...
Mas eu hei-de ler-te os meus contos e tu hás-de ler-me os teus. Haveremos sempre de recuperar a infância que tivemos em continentes diferentes e lembraremos com alegria as canções francesas que trauteámos quando adolescentes.
Havemos de falar das nossas cicatrizes que já nem se notarão, e quer sejamos felizes ou não, havemos sempre de estar lado a lado... para nos aguentarmos com toda a força da nossa eterna amizade.

a comentar

9

At sexta-feira, 25 abril, 2008, Blogger Madalena disse...

Mana querida, o que eu quero mesmo é ficar com a marca eterna do teu afecto incondicional que surte o efeito da verdadeira cura. Com tanto mimo, fico logo logo curada. Mil jinhos!

 
At sábado, 26 abril, 2008, Blogger Madalena disse...

Deu-me a insónia. Quero não esquecer o carinho que tenho tido. Afinal não sou tão "desgraçada" assim!!! Não tenho dores nem limitações. Tenho abraços que me levam em braços para não me magoar pelo caminho.Temos esperança. temos futuro! Obrigada, mana!

 
At quarta-feira, 30 abril, 2008, Anonymous lia disse...

Olá Ana é tão bom ouvir palavras de esperança e sábias como as suas...temos de acreditar!Muita força !Beijinhos para si e para a Madalena.
Lia

 
At segunda-feira, 09 junho, 2008, Blogger Madalena disse...

Querida Mana e querida Lia! O tempo vai passando... Eu estou bem e preparada para os tratamentos de radioterapia que vêm aí. Não vai custar nada e, além disso, tenho um pretexto sério para atravessar a ponte vasco da gama todos os dias. Aguento-me muito porque tenho aprendido contigo a lidar com isto. Beijinhos às duas.

 
At quinta-feira, 12 junho, 2008, Anonymous lia disse...

Olá Ana,
venho aqui muitas vezes :0(
Beijinhos
Olá Madalena,
É bom saber que está bem...muita força e esperança!Beijinhos cheios de luz para as duas.
Lia

 
At domingo, 22 junho, 2008, Anonymous Idália disse...

Olá Madalena,
Só agora soube que está a passar por momentos dificeís, espero que breves. Vai ver que um dia destes haveremos de celebar o estarmos vivas, como já algumas vezes e apenas por solidariedade e amizade o fez connosco. Muita força! Beijinhos.

 
At terça-feira, 24 junho, 2008, Blogger Madalena disse...

Obrigada, Idália! Aprendi com os outros, neste caso com as outras, literalmente, para poder viver estes tempos com a serenidade necessária. Um beijinho muito grande!

 
At terça-feira, 15 julho, 2008, Blogger bernard n. shull disse...

hi mate, this is the canadin pharmacy you asked me about: the link

 
At quinta-feira, 16 outubro, 2008, Anonymous isabel disse...

quero deixar lhe uma palavra de incentivo e de coragem.um beijinho mt grande com o desejo de que tudo corra plo melhor.assim será.

 

Enviar um comentário

<< Home